A importância do Marketing pessoal

A forma como você se comunica pode criar antipatia ou empatia. Por isso, saiba o quanto é importante investir em marketing pessoal

26 de fevereiro de 2013 por Tricia Alethea

tricia_alethea_art01Sempre que penso em marketing pessoal, lembro-me de um exemplo, que provavelmente já fez parte da sua vida ou ao qual você, em algum momento já presenciou: situações onde duas pessoas que exercem a mesma função dentro de uma empresa, tendo currículos parecidos e formação similar, onde uma se destaca mais que a outra, sendo sempre citada como exemplo, enquanto a outra fica no ostracismo. Provavelmente isso ocorre, por que uma delas sabe fazer seu marketing pessoal, qualidades que fazem com que alguns consigam se destacar mais que os outros.

Você deve estar pensando que marketing pessoal é ficar falando sobre você mesmo.

Não, marketing pessoal é fazer-se notar pelas suas competências e habilidades, é uma ferramenta muito importante para se chegar ao sucesso pessoal e profissional.    Para Kotler(2003), marketing pessoal é uma nova disciplina, que utiliza conceitos e instrumentos do marketing em benefícios da carreira e das vivências pessoais dos indivíduos, valorizando o ser humano em todos os seus atributos, características e complexa estrutura.

Se você fosse criar uma marca nova no mercado, você gostaria que essa marca fosse somente “mais uma” ou que a sua marca fosse a mais querida, reconhecida, desejada, lembrada, a mais procurada e bem remunerada do mercado? Pois é, isso também acontece com pessoas, devemos construir uma marca pessoal onde o produto é você!

Muitas vezes uma pessoa com talento e competência para executar a sua atividade, pode passar uma imagem negativa, perdendo oportunidades, limitando sua promoção ou perdendo clientes por passar uma imagem desfavorável.

Uma boa forma de começar a analisar como está o seu marketing pessoal é analisar sua imagem pessoal, que é formada principalmente pela sua aparência, o seu comportamento, sua forma de comunicação, daí resultando seu sucesso, entre outros.

O corpo fala, portanto, como está sua aparência? Como as pessoas o vêm?

A imagem é algo muito importante, pois é a sua embalagem e ela pode passar muitas informações sobre a sua pessoa. Uma roupa espalhafatosa ou muito decotada, acessório inadequado (como roupas de times) ou uma excentricidade como cabelos mirabolantes, pode passar a imagem de um sujeito desleixado, inconsequente, rebelde, ou implicante. O cuidado com o visual precisa ser analisado com muita atenção, a roupa correta para cada momento, a combinação estética de peças, cores e estilos, assim como cuidados com a higiene e a saúde física, pois a composição deve ser harmônica e atrativa.

Como é o seu comportamento, se seu ambiente de trabalho é desorganizado ou sujo, passa a imagem de falta de controle, desorganização. Excesso de objetos pessoais no ambiente sugere falta de comprometimento. Atrasos crônicos com os clientes ou no cumprimento de compromissos e términos de trabalhos, transmite forte ideia de descaso ou dificuldades em cumprir tarefas com prazos.

A forma como você se comunica pode criar antipatia ou empatia, portanto, perceba o quanto é importante cuidar da voz, do volume dela, da velocidade da fala, das emoções colocadas em seu discurso.  É fundamental que saibamos articular um bom discurso, assim como também usar um Português correto e adequado a cada contexto.

Envio de e-mails não profissionais, assim como entrar em mídias sociais no horário do expediente, passa a imagem de falta de comprometimento com o trabalho e tempo ocioso. Confusão ao comunicar-se  transmite ideia de amadorismo ou desconhecimento do assunto discutido.

Explicações muito longas na hora de apresentar uma ideia  indicam que a proposta não se sustenta sozinha. Seja objetivo e incisivo, explicando apenas quando for necessário, mas uma aparência impecável sem conteúdo a oferecer não consegue se sustentar no mercado por muito tempo.

O aperfeiçoamento constante do profissional é muito importante para o marketing pessoal: leitura de jornais, revistas, bons livros, reportagens, cursos de reciclagem e especializações, são fundamentais para a formação e melhoria da sua própria marca. Faça alguns questionamentos a você mesmo:

  • Que tipo de imagem eu estou passando?
  • Que tipo de marca você gostaria que ficasse vinculada a sua pessoa?
  • O que as pessoas pensam de mim quando se fala em meu nome?
  • Somos uma palavra… qual é a que melhor define você?

A elaboração do marketing pessoal  não é feita da noite para o dia, ela exige esforço diário de adaptação e mudança de atitude no seu jeito de pensar, comportar e agir com o foco sempre no objetivo de conquistar e principalmente manter relacionamentos que contribuam para atingir metas pessoais e profissionais. Esse é o esforço para se construir uma marca de sucesso.

O caminho certo é incorporar o marketing pessoal à sua maneira de ser pessoal e profissional; incluir a preocupação com a carreira em todas suas ações e em seus relacionamentos pessoais e profissionais. (Lima, 2010)

Dicas para se trabalhar o marketing pessoal:

  • Seja uma pessoa bem humorada e otimista;
  • Saiba trabalhar em equipe e administrar conflitos. Mesmo que você tenha mais habilidades em determinadas atividades, colabore para o desenvolvimento de seus colegas de trabalho. Afinal, uma equipe coesa produz mais, melhor e com maior satisfação;
  • Faça um planejamento de qual situação você almeja profissionalmente, e direcione os seus esforços para alcançar as suas metas;
  • Se prometer, cumpra (Transmita confiança, seja uma pessoa de palavra);
  • Feedback – retorne ligações, mensagens e e-mails recebidos;
  • Cultive amizades (Networking);
  • Seja uma pessoa confiável, honesta, fiel, de caráter;
  • Seja humilde e gentil com as pessoas;
  • Ajude e respeito o próximo.
  • Liste seus pontos fracos e liste seus pontos fortes (Anule seus pontos fracos e foque nos seus pontos fortes)
  • Utilize a web para montar a sua marca.

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Comentários

comentários